4 Ideias De Parcerias Para Ampliar As Vendas


Facebook Corrige Mais Métricas De Anúncios, Filme Ao Vivo E Curtidas


A demissão de Pedro Parente da presidência da Petrobrás é uma bala perdida no peito do setor sucroalcooleiro. Doze bilhões por ano. 4,6 bilhões/ano. Considerando o PIB dos 2 países, o Brasil gasta o dobro dos Estados unidos, mas o poder de destruição dos políticos brasileiros não tem paralelo. Uma vez que é, quem não tem rabo aprisionado e trabalha com seriedade não necessita ficar grudado nos úberes fartos para a politicalha, visto que tem competência.


Basta observar quem comemorou a saída de Pedro Parente da Petrobrás: aqueles cujos interesses se restringem ao “meu pirão primeiro”. 10 bilhões do incentivo do óleo diesel, poderia começar na verba destinada ao Fundo Partidário. A população não sentiria nenhuma inexistência. A demissão de Pedro Parente foi justa. Ele queria transformar o caixa dois dos políticos numa organização séria, rentável, confiável.


E isso não se faz em ano de eleição. Neste momento privatizaram a Vale e a Embraer. Querem matar a categoria política de fome? Sejamos honestos, livre da mamata dos partidos e da ação nefasta de parlamentares inidôneos, administrado como uma amplo empresa, o Brasil subiria a patamares de propriedade sem precedentes.


A perfeição da democracia bem como carrega suas maldições. A pior delas é político poder se reeleger e outra, não existir demissão sumária. Dentre as diversas lições aprendidas - e não foram poucas - com essa greve dos caminhoneiros, duas merecem destaque. De um lado, a tão sonhada greve geral - delírio estapafúrdio da esquerda para derrubar o governo -, não bastasse ser tão anacrônica quanto absurda, não encontrou nem ao menos encontrará eco na população. Pagaremos a “bolsa diesel”.


Os caminhoneiros pagarão a “bolsa gás de cozinha”? Atenção, candidatos: adotem a plataforma campeã unindo a privatização da Petrobrás e o exercício dos recursos da venda num grande programa ferroviário. Quatrocentos milhões por ano”. Essa é uma verdade, uma vez que devido à liberdade de ação que possuem, isso prontamente era calculado, por isso, não é nenhuma novidade. 800 milhões por ano, colocando-os desse modo, entre as 500 maiores organizações do Povo.


Agora denominar tal organização de “pré-mafiosa” não é preciso, pois com certeza seus componentes precisam ter se aborrecido e sentindo-se desprestigiados, e também rebaixados. Não tenham dúvida de que se empenharão mais pra serem conhecidos como uma verdadeira “máfia”. 400 milhões. Nas eleições vai ampliar mais a movimentação com a verba milionária do fundo partidário destinado ao PT, seu braço político! O ex-presidente da Petrobrás, Pedro Parente, contou ser um gestor de primeira peculiaridade e acima de qualquer suspeita, e era tudo que o país necessitava. Tirou a estatal do caos, em todos os sentido, após a gatunagem do ficha-imunda Lula da Silva e de seu “poste” Dilma Rousseff.

  1. Polir parachoque cromado de Opala
  2. 3- Será que trabalhar na internet é seguro
  3. Ewerton Gomes de Souza disse: 26/07/12 ás 01:02
  4. quarenta e nove Wikipedia:Pedidos de administração/Heitor C. Jorge
  5. Estabeleça o Rapport
  6. Administradores de blogs e web sites que desejam gerar dinheiro com publicidade
  7. cinco dias de resultados com o gerador de tráfego
  8. Silvana.Marques Ferreira falou

Na sua equação financeira só houve um defeito crasso: atualizar o valor dos combustíveis, diariamente, de acordo com a variante do dólar e do barril de petróleo, como executam os países de primeiro mundo, no momento em que o nosso é de terceiro mundo? O efeito não poderia ser pior! Depois do deboche de aumentar o valor da gasolina no auge da crise, a única saída era despedir Parente. A angústia que tomou conta de especuladores no Brasil e no exterior prova o acerto da capacidade. Caminhoneiros fizeram greve, no entanto a conta chegou para todos os bolsos, inclusive pro deles.


Aquilo que começou como independente, de imediato chama a atenção de políticos que querem desenvolver-se nas intenções de voto pegando carona no movimento. Só esqueceram-se de que a inflação provocada pelas paralisações chegou e o prejuízo cairá a respeito todos. Se antes apoiamos, hoje odiamos os caminhoneiros e todos que se aproveitaram nesse movimento. A vulnerabilidade entre todos os brasileiros não existe só pela política, mas quem nos evita de viver, criar nossas famílias com dignidade e preservar nossos empregos. O Brasil mudou, entretanto a cegueira política continua a mesma.


Nosso nação, hoje, é dirigido por uma turma de amadores, incompetentes e inconsequentes. Deles, nada se pode aguardar que engrandeça o nosso futuro. Sentenciado que foi em segunda instância, por doze anos e um mês, por corrupção e lavagem de dinheiro. A matéria comenta as greves dos caminhoneiros sem maiores novidades, a única coisa em sua visão que seria novidade, que alguns do movimento pediram a derrubada do governo, como se isto fosse uma novidade. Esqueceu de que todos os movimentos anteriores principalmente os propostos por esquerdistas, a todo o momento pediam a derrubada do governo, como o “Fora Temer”.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *